Alimentos do Futuro? [Jornal Info, Janeiro 2011]

Em Janeiro de 2011, como uma das minhas primeiras participações enquanto membro da Associação de Estudantes da FCUP, escrevi um artigo sobre um tipo de alimentação peculiar, baseado num artigo da revista National Geographic italiana de Setembro de 2010. Este é provavelmente o artigo mais engraçado que escrevi – e o mais “profético”.

Valores Nutricionais Médios

Valores Nutricionais Médios

Com uma população humana que ultrapassará ainda este ano os 7 mil milhões, a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) está a preparar um programa para promover o consumo alimentar de Insetos. Aparentemente, os grilos, besouros e companhia são nutritivos: uma porção de gafanhotos, por exemplo, tem quase o mesmo valor proteico de uma porção de carne picada, sendo criados com custos muito mais baixos, e utilizando muito menos espaço que, por exemplo, uma vaca. Já hoje, pelo menos 1.000 espécies desta Classe de Artrópodes fazem parte da dieta humana: os mexicanos usam besouros nos molhos, os tailandeses fritam insetos de água e os aborígenes australianos comem formigas.

Apesar da ideia generalizada que se tem dos insetos em alguns países desenvolvidos, onde estão associados à sujidade, nos Estados Unidos há empresas dedicadas exclusivamente à sua comercialização. Em Montreal, no Canadá, todos os anos se realizam festivais de degustação e em certos países europeus, como na Espanha, restaurantes abriram portas tendo como únicos protagonistas dos seus pratos: os Insetos.

Valores Nutricionais Médios

Valores Nutricionais Médios

Embora a sua comercialização em massa pareça ainda estar distante, a FAO acredita que a criação e o consumo de insetos poderá ajudar a vencer a fome no mundo, e tem programada uma Conferência sobre a Entomofagia, o uso de insetos na alimentação humana.

O verdadeiro desafio, de acordo com o entomólogo Gene DeFoliart será levar os ocidentais a digerirem a ideia. “Está na hora de levar a sério esta questão”, diz ele, e quando o fizermos, a mosca na sopa virá com os cumprimentos do Chef.

 
Fotografia: Google © 2011
Fonte: National Geographic Itália, Setembro 2010

One thought on “Alimentos do Futuro? [Jornal Info, Janeiro 2011]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s